sexta-feira, 18 de abril de 2008

Eu te amo todos os dias

Eu te amo todos os dias

Eu te ligo todos os dias
Mesmo eu sabendo a verdade
Seu telefone não existe mais

Eu te ouço todos os dias
Mesmo eu sabendo a verdade
A sua voz não ecoa mais

Eu te vejo todos os dias
Mesmo eu sabendo a verdade
Eu só tenho as suas fotos

Eu te amo todos os dias
Mesmo eu sabendo a verdade
Você não me ama mais.

2 Comments:

Danilo Moreira said...

Já vivi esse dilema, mas no meu caso, quem nao amava mais era eu. Espero nunca mais passar por isso de novo, em nenhum dos dois lados.

É uma história looonga...

Belo poema.

Abçs!!!!

----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: A segurança de Eva
----------------------------------

Wagner L. Moreno said...

ja passei por uma situação de acordo com a poesia! mto legal!