sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Sobre Niemeyer

As obras projetadas por Oscar Niemeyer são revolucionárias (ou evolucionárias?). Suas produções fogem das características da maioria de outras portentosas obras, realizadas por outros arquitetos. A arquitetura que é geralmente vista pelo público (essa é uma definição interessante, pois cada vez que nos deparamos e damos atenção à qualquer obra de arte – sendo ela situada na rua ou na galeria – deixamos de ser a população da rua, para – melhorando a definição - nos tornarmos o público), é requintada pela projeção de floreios arquitetônicos. Penso que os floreios arquitetônicos não são a mesma coisa que os floreios decorativos (pois este último é de responsabilidade do decorador e não é intrínseco à arquitetura, apesar de terem o mesmo objetivo). Mas, as obras de Niemeyer são formadas por traços limpos e dinâmicos, e por isso evocam a modernidade. O dinamismo, a simplicidade e a clareza das obras valorizam o Ser Humano, pois são indicativos, porque o Humano só consegue o sucesso em seu labor quando se compromete com o dinamismo, a simplicidade para a otimização e a clareza de seus atos. Sem contar a beleza das obras, ricas em curvaturas insinuantes.
(Que os engenheiros continuem quebrando suas cabeças para colocarem as obras de Niemeyer de pé).

Um abraço.

1 Comment:

paulissima said...

Oi, Fernando

Também torço para que os engenheiros tenham muito o que quebrar a cabeça!

Uma passadinha rápida para dizer que citei seu post no Global Voices online. Veja os textos em inglês ou em português.. Tudo de bom,

Paula